Delta reage com caras novas e atropela o Tanto Faz. (Bruno Chumbinho, 24/08/09)

Renovar. Esta foi a ação feita pelo Delta em 2006 quando a equipe já se encontrava desgastada e parecia chegar ao fim. Foi renovando que o Aurinegro montou um esquadrão e conquistou mais de 60 vitórias em 2006, 2007 e 2008.

O ano de 2009 não tem sido fácil para o Delta. A equipe não foi bem na Copa Green e sofreu com a redução de seu elenco a cada jogo. A saída encontrada, assim como em 2006, foi a renovação do grupo. Nada menos que sete jogadores estrearam com a camisa Aurinegra no jogo contra o Tanto Faz. E eles tiveram um papel fundamental na goleada por 4x1 que renovou a esperança da torcida do Delta.

O Delta, que jogava de branco, encontrava espaços no meio de campo, e Aurélio por diversas vezes lançou os atacantes Aurinegros que não conseguiam converter em gol. O Delta parecia mais organizado em campo, mas foi o Tanto Faz que abriu o placar. O cruzamento vindo da direita encontrou Toninho que passou por detrás da zaga e emendou um chute de primeira inapelável para o goleiro Rodrigo. O primeiro tempo terminava com o Delta em desvantagem.

Promovendo muitas alterações no intervalo, o Aurinegro voltou com uma formação muito diferente daquela que o torcedor está acostumado a ver. Em uma jogada de novatos, Rafael tocou para Danilo que entrou na área e sofreu o pênalti. Brasil deslocou o goleiro e empatou a partida. O Delta seguiu forte buscando a virada no placar. O Tanto Faz dava sinais de cansaço e passava a ameaçar cada vez menos a meta de Rodrigo.

A velocidade dos atacantes do Delta infernizava a defesa adversária. Danilo, inspirado, fez uma linda jogada individual fintou dois marcadores e virou a partida para o Delta. Minutos depois foi a vez de Cazu, em mais uma jogada rápida, vencer a defesa adversária e ampliar o placar.

Nesta altura da partida, o Tanto Faz já se encontrava totalmente batido, o Delta não tinha dúvida que venceria a partida. Em mais uma jogada rápida, Danilo recebeu livre. O atacante esperou a saída do goleiro e com um lindo toque de cobertura decretou números finais a partida.

Os novatos tiveram um papel fundamental na vitória Aurinegra. A renovação começou e pode ser tão poderosa como a ocorrida em 2006. Quem viver... verá!

Nova derrota acende alerta no Delta (Bruno Chumbinho, 14/09/09)

Os planteis de Delta e OAB-MG contaram com apenas 11 jogadores para a partida realizada neste sábado no campo da AABR. Melhor para o time vermelho que venceu a partida por 2x0 de maneira incontestável. O Delta segue com o pior aproveitamento da sua história, são apenas 6 vitórias em 20 jogos.

O campo seco e duro e os elencos limitados ditaram o ritmo do jogo. As equipes começaram trocando passes e o jogo se concentrou no meio de campo nos primeiros minutos. O Delta com uma formação, mais uma vez, bastante modificada, encontrava enormes dificuldades para trocar passes.

Mostrando um pouco mais de lucidez a OAB tinha mais posse de bola e criava mais chances. Xará, o jogador mais lúcido do primeiro tempo, abriu o placar após receber um passe, entrar na área e fuzilar o goleiro Rodrigo.

O segundo tempo começou e, com a vantagem no placar, o time vermelho cadenciava o jogo. O Delta não apresentava nenhum perigo à meta adversária. Não demorou e a OAB aumentou o placar, após uma troca de passes dentro da área Aurinegra.

No lance mais polêmico do jogo o goleiro Rodrigo saiu do gol para fazer uma defesa e se chocou com o atacante adversário. O juiz chegou a marcar o pênalti, mas acabou recuando e marcando apenas o tiro de meta. O placar não seria mais alterado.

O Delta segue ainda a deriva em 2009, no próximo final de semana a equipe terá pela frente o forte selecionado do Bica Juniors. Será necessária mais técnica e raça para que o Aurinegro não saia mais uma vez derrotado de campo.