Tudo igual (Bruno Chumbinho, 07/03/10)

Eram 44 minutos do segundo tempo quando Salsicha escorou o cruzamento da esquerda fazendo o gol da vitória do Delta sobre o Picaretas, por 2x1, em um jogo emocionante. Este era o único encontro entre estas equipes, realizado no Campo do Sindicato em 20/07/08. Ontem os dois times voltaram a fazer um grande confronto no Dom Orione.

O jogo foi de grande técnica, com as duas equipes mostrando entrosamento. O placar de 1x1 foi justo e refletiu o equilíbrio dentro das quatro linhas. Os times enfrentaram um forte sol e um campo pesado (devido às fortes chuvas dos dias anteriores). Um fato inusitado foi o término do jogo aos 39 minutos do segundo tempo: um equívoco do árbitro que gerou insatisfação das duas equipes.

O Delta começou o jogo muito bem, seguro em sua defesa, dava poucas oportunidades ao adversário, que passou a utilizar chutes de longa distância para assustar o goleiro Rodrigo. O lado esquerdo criava as melhores chances, Roberto se destacou na lateral sempre criando jogadas com o auxílio de Brasil e Aurélio. Cazu e Flávio criavam pela direita. Na frente Geisiel e Danilo se movimentavam bastante. Os melhores lances do Delta foram uma bola na trave e um pênalti não marcado em cima de Danilo. Terminava o primeiro tempo com 0x0 no placar.

O Aurinegro promoveu diversas mudanças no intervalo (Gelson na zaga, Emerson na lateral, Thiago e Gilmar no meio de campo e Barão no ataque). O time continuou a mostrar um futebol consistente. O jogo continuava muito técnico e as equipes tinham dificuldades de penetrar nas defesas adversárias.

Aos 17 minutos o Delta conseguiu abrir o placar em um lançamento de Gilmar para Geisiel que bateu forte e sem nenhuma chance de defesa para o goleiro adversário. Mas a alegria não duraria por muito tempo. Para azar do Aurinegro o empate veio em um chute de fora da área que desviou na zaga e enganou o goleiro Rodrigo. As duas equipes ainda teriam algumas chances, mas o placar não seria mais alterado.