Só faltou o gol (Bruno Chumbinho, 21/03/10)

Só faltou o gol, mas sobraram técnica e emoção na partida entre Delta e Juventus. As duas equipes deram uma prévia do que será a Copa Green 2010. O reencontro será na décima rodada (a tabela da Copa Green 2010 já está disponível no site do Delta, na seção “Campeonatos”).

Apenas 24 horas após golear o Manguaça por 5x2 em Nova Lima (e levantar a desconfiança da torcida devido ao péssimo futebol apresentado) o Delta entrou em campo e provou que tem time pra brigar na Copa Green. Desde os primeiros minutos de jogo o elenco Aurinegro demonstrou entrosamento e passou a criar as chances mais claras de gol. O Juventus tinha a posse de bola, mas não conseguia entrar na defesa do Delta que se mostrava muito segura.

Marquinhos, em sua estréia pelo Delta, quase marcou: a bola passou pelo goleiro, mas o zagueiro desviou em cima da linha. O mesmo Marquinhos sofreria um pênalti claro não marcado pela arbitragem. Danilo também se movimentou muito e teve chances de marcar. Nos minutos finais do primeiro tempo o ímpeto Aurinegro diminuiu e o Juventus finalmente conseguiu trazer perigo para a meta de Rodrigo.

O Delta voltou para a etapa complementar sonolento e o adversário passou a pressionar. Em um lance Glaysson cortou o cruzamento com a mão dentro da área, mais uma vez a arbitragem errou em não marcar o pênalti. Aos poucos o Delta se encontrou. Vagner, Douglas e Keké deram velocidade à criação de jogadas. A chance mais clara foi desperdiçada por Vagner com o goleiro já batido, Aurélio carimbou a trave do adversário em um chute de fora da área. Cazu se destacou, mesmo jogando improvisado de volante, criou jogadas e ajudou na marcação.

O Delta seguiu pressionando, o Juventus se contentou em jogar nos contra-ataques. Em um deles a bola morreu nas redes do Delta, mas a arbitragem já havia marcado impedimento no lance. Apesar do belo futebol o placar seguiu inalterado até o apito final do arbitro.