Delta reage e empata jogo dramático (Bruno Chumbinho, 13/06/2010)

O jogo deste domingo foi encarado como uma decisão pelo plantel do Delta. Uma derrota poderia decretar a eliminação, com uma rodada de antecipação, da equipe. O Delta não conseguiu mostrar seu futebol no primeiro tempo, e levou o castigo. O time desceu para o vestiário perdendo por 2x0, mas mostrou garra, raça, poder de reação e arrancou um empate em um dos jogos mais emocionantes do campeonato.

Delta e Juventus fizeram um amistoso e empataram por 0x0 em março. Naquela ocasião o jogo foi de alto nível técnico e bastante equilibrado. O trio de arbitragem não teve maiores problemas, foi um encontro bastante tranqüilo.

O jogo de hoje provou que amistoso é uma coisa e campeonato outra. Os ânimos estavam exaltados, foram vários lances ríspidos e provocações entre os jogadores. Ao término da partida os atletas quase se agrediram, mas a turma do “deixa disso” atuou bem e contornou a situação.

A bola rolou e o Juventus começou melhor a partida. Os jogadores Aurinegros pareciam estar sentindo o peso da decisão, a bola queimava no pé e o Delta não conseguia trocar mais que três passes. O Juventus, se aproveitou da situação e abriu o placar após cobrança de escanteio. Os jogadores do Delta ainda discutiam sobre o melhor posicionamento do time, quando a bola batida no primeiro passou por toda a defesa e encontrou a cabeça do atacante do Juventus que estufou a rede. O Delta teve uma chance com Danilo que ganhou uma dividida, passou por dois adversários e chutou com perigo rente a trave do goleiro adversário.

Os Aurinegros reclamaram bastante de um pênalti claríssimo em cima de Salsicha e ignorado pelo árbitro. Pra piorar a situação, o Juventus ampliou aos 45 minutos justamente em uma cobrança de penalidade máxima. O primeiro tempo foi cruel para o Delta.

Na volta para a etapa complementar o técnico Aurinegro foi ousado, tirou Rafael, que estreava no time improvisado na lateral, e colocou mais um atacante. A modificação surtiu efeito. O Delta foi pra cima e conseguiu um gol logo aos 4 minutos: Salsicha recebeu na área e tocou com estilo para Brasil. O volante, que descia em alta velocidade, acertou um belo chute com violência e sem chances para o goleiro.

O gol pôs fogo no jogo, minutos depois Douglas quase empatou. O atacante penetrou na área e bateu cruzado, o goleiro do Juventus salvou. A pressão Aurinegra era grande e o Delta, finalmente, conseguiu uma penalidade ao seu favor. Mas o goleiro acertou o canto e defendeu a penalidade batida por Brasil.

O Juventus tentava de todas as formas, esfriar o jogo, jogadores simulavam contusões, retardavam o máximo todas as cobranças de faltas e laterais. Mas o destino reservava uma melhor sorte ao Delta. Aos 38 minutos do segundo tempo os Aurinegros conseguiram algo raro no futebol, um gol de goleiro! Aurélio bateu uma falta para dentro da grande área, Alessandro deu a cabeçada salvadora para empatar a partida.

O Delta continuou atacando, mas não havia mais tempo. Com o resultado o Delta termina a décima rodada na penúltima colocação da tabela, mas apenas a um ponto do G8. A rodada final será contra o lanterna Velez que vem crescendo de produção. O jogo será outra decisão, uma vez que os dois times ainda têm chances de se classificar.